Google+

Inventário de Estoque x Inventário Patrimonial – Você sabe a diferença?

14/11/2017

inventario.jpg
 
 

Para que a sua empresa tenha uma circulação organizada de produtos, é muito importante que seja feito um inventário de estoque para saber qual a quantidade de insumos está estocada ou em déficit. É ele que ajuda a guiar decisões sobre quanto mais produzir de tal produto, quais as matérias-primas precisam se adquiridas, que mostra que tipo de produto que não vende mais como antigamente, e assim por diante.
 

Entender o que é um inventário faz toda a diferença

 
Você sabe exatamente tudo que um inventário tem? Ele é uma espécie de lista que ajuda na identificação e classificação do que a sua empresa tem no estoque. Esse é o local a ser consultado quando se quer saber a disponibilidade ou a escassez de algum produto e, é através desse registro que a empresa consegue organizar as demandas de produção e vendas.
 
Quando existe muito produto de certo tipo de estoque, é necessário pensar numa estratégia de venda para que ele saia do inventário. Já quando se tem pouco de outro tipo, é necessário mais matéria – prima para que ele seja produzido novamente. Todas essas etapas e decisões só são possíveis com um inventário completo e atualizado. É ele que vai ditar vários procedimentos através das quantidades de cada tipo de produto estocado.
 

Tudo que entra e sai do seu estoque está aqui

 
Para fazer um inventário de qualidade e que não vai te deixar na mão na hora de tomar uma decisão que envolve quantidades e vendas, alguns passos podem ser seguidos para que você sempre tenha todas as informações em mãos:
 

Setorizar

 
Para começar, é muito importante entender quais os setores de produtos que a sua empresa tem e que está no estoque. Quais os tipos de produto que estão nas prateleiras? Faça uma lista com essa separação junto da quantidade que está disponível para já ter essa etapa organizada;
 

Identificação

 
Cada produto precisa ser identificado para uma melhor organização e venda, por isso pense em seus serviços como tendo uma setorização + nome do produto. Por exemplo, numa fábrica de calçados, todas as sapatilhas começam com o S que indica seu setor e depois disso vem à identificação do produto em si, como trançado, TRAN. Então, dentro desse estoque existem várias S, mas somente uma STRAN. Nesse caso, ainda pode ser aplicada a característica do produto, como preto, PRE. Se algum funcionário quiser encontrar uma sapatilha trançada preta no estoque já sabe que ela está identificada como STRANPRE
 

Atualização

 
De nada adianta uma lista que não está atualizada. Por isso, mantenha o cadastro de produtos sempre em dia, atualizado com a realidade do estoque e num bando de dados online, onde os colaboradores responsáveis possam acessar e conferir as informações. Esta automatização facilita o processo de atualização e evita que uma venda seja feita sem que haja o produto ou então uma ordem de compra de matéria-prima seja realizada sem a necessidade.
 

O que é o inventário de estoque, então?

 
É, na verdade, um inventário muito detalhado e minucioso de tudo que sua empresa tem para venda direta ao seu consumidor. São os bens e produtos listados de forma a serem facilmente identificados por suas próprias características. Ele serve mais para organizar as vendas e evitar erros na hora da operação de entrega. Esse sistema possibilita que não faltem produtos necessários na hora que a venda for realizada, afinal, você tem tendo o estoque a venda é certa.
 
Esta gestão do estoque é muito importante, pois ajuda muito a evitar variáveis em sua receita para quando, por exemplo, o preço de algum material subir, você já ter se organizado e estocado ele antes.
 

E qual a diferença para o inventário patrimonial?

 
Assim como a palavra patrimônio significa um conjunto de bens, um inventário patrimonial diz respeito aos pertences da empresa. É uma lista organizada e rica em informações que identificam cada um dos materiais que fazem parte do seu negócio. Prédios, carros, armazéns, móveis, tudo isso entra nesse tipo de registro. São itens permanentes e que compõe a organização de forma a permitir que se trabalhe nela. Sendo assim, a forma mais otimizada de se fazer isso é catalogando item por item.
 
Imagine que numa empresa pequena, os computadores estão nas mesas e cada empregado tem a sua mesa. Mas num negócio, por exemplo, com maior flexibilização e cultura mais moderna, onde alguns colaboradores trabalham de casa e outros não têm mesas fixas porque estão sempre em reuniões e os computadores são levados de um lugar para outro, carros da empresa são usados no transporte de funcionários para reuniões, como organizar isso tudo? Como saber onde está cada coisa e quem é o responsável por ela? Através desse tipo de inventário, todos os itens são identificados de forma a dar uma visão mais controlada ao que se usa dentro da empresa.
 

Então, entendeu a diferença entre o inventário de estoque e o patrimonial?

 
A diferença básica entre eles é que no inventário de estoque, o mesmo se refere a produtos e itens que transitam em diferentes etapas da empresa, que são temporários e, por isso, precisam ser registrados a fim de controlar esse fluxo de entrada e saída. Já o outro, o inventário patrimonial se destina a um estoque mais atemporal, onde somente são itens trocados ou disponibilizados aos funcionários, já que são necessários para que o trabalho dos colaboradores seja executado.
 
Agora, sabendo o que significa um e outro, entenda que a atualização de ambos é imprescindível para que a finalidade do registro e controle assertivo aconteça. Faça isso e boa sorte!

Fonte: http://marcusmarques.com.br/estrategias-de-negocio/inventario-estoque-x-inventario-patrimonial-voce-sabe-diferenca/